Brasília: pontos turísticos e dicas para a capital do Brasil

Aktualisiert am: 11/03/2024

Brasília é provavelmente uma das capitais mais extraordinárias do mundo. Vou mostrar a você quais pontos turísticos tornam Brasília tão especial e quais destaques você deve ver quando viajar para lá! E, no final, você encontra um pouco da história de Brasília: como Brasília foi construída e quando Brasília se tornou a capital do Brasil!

Os pontos turísticos mais importantes de Brasília

Planejada na prancheta por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa na década de 1950, a arquitetura de Brasília ainda hoje é única. Na primeira vez que você passar pelo centro de Brasília, conhecido como Plano Piloto, perceberá o planejamento urbano incomum com suas ruas longas e blocos de casas perfeitamente divididos. Não perca esses pontos turísticos:

#1 Catedral Metropolitana

Quem escreve aqui?

Olá, eu sou Tatiana e sou a blogueira atrás do The Happy Jetlagger. Moro em Berlim na Alemanha e sou filha de uma mãe brasileira e um pai alemão. Além do meu trabalho como comissária de bordo, adoro viajar pelo mundo inteiro!

A Catedral Metropolitana é bem pequena para uma catedral. Ao mesmo tempo, é o ponto de partida perfeito para passeios turísticos e uma boa primeira impressão de como a arquitetura funciona aqui em Brasília. Muito branco, muitas linhas claras e, apesar de sua idade (Brasília e, portanto, todos os edifícios da fase de fundação têm quase 60 anos), ainda é hipermoderno.

Falando em branco: tudo parece ainda mais branco em Brasília do que em qualquer outro lugar – o sol brilha mais forte, sempre me parece assim. A cidade está localizada a uma altitude de 1.200 metros em um platô e, com tantos dias ensolarados, os óculos escuros são uma boa companhia constante. Caso contrário, você quase fica um pouco cego para a neve. Só que sem neve, em uma temperatura média de 28 graus.

Pontos turísticos de Brasília Catedral de Brasília Arquiteto Oscar Niemeyer
A Catedral de Brasília é um dos marcos da cidade.

A entrada da catedral fica escondida, com uma escada subterrânea que leva ao interior. E então, através das janelas de mosaico de vidro colorido, que pareciam tão discretas do lado de fora, o esplendor completo da catedral se revela. A acústica da igreja também é especial: se vocês ficarem muito próximos da parede redonda como um casal, poderão até ouvir sussurros silenciosos, mesmo que a outra pessoa esteja do outro lado!

Você pode saber mais sobre meu segundo lar, o Brasil, no meu blog sobre o Brasil!

#2 Esplanada dos Ministérios e Praça dos Três Poderes

A Esplanada dos Ministérios abriga todos os ministérios do país e termina na Praça dos Três Poderes, onde estão localizados os edifícios governamentais mais importantes. Toda a política do imenso país Brasil em um só lugar – e nada mais. Não há lojas, restaurantes ou cafeterias. Esse é o conceito de Brasília: tudo é organizado de acordo com a finalidade, com os edifícios mais importantes de uma capital bem no centro.

Pontos turísticos de Brasília Congresso Nacional Praça dos Três Poderes
Grandes decisões são tomadas aqui: O Senado e o Parlamento do Brasil têm assento no Congresso Nacional.

Vale a pena dar uma olhada no mapa de Brasília: O Plano Piloto, o centro de Brasília, parece um avião. As asas contêm áreas residenciais, enquanto a fuselagem abriga edifícios governamentais e setores econômicos, como hotéis e bancos. Organizados em ordem de importância: O Congresso Nacional (composto pelo Senado e pela Câmara dos Deputados), o Palácio da Alvorada (sede do Presidente) e o Supremo Tribunal Federal (Suprema Corte) se reúnem na Praça dos Três Poderes, na frente do cockpit. Todos os três poderes se reuniram em um só lugar. Muito bem pensado!

Plano Brasília avião Lucio Costa Oscar Niemeyer
O plano de desenvolvimento de Brasília: parece um avião visto de cima.

O Palácio da Alvorada, sede do presidente brasileiro, não é aberto ao público. O que é interessante, no entanto, é a plataforma embutida que se projeta do palácio e é especialmente projetada para discursos ao povo. O palácio é guardado pelos Dragões da Independência, uma unidade especial das forças armadas brasileiras, e com um pouco de sorte você ainda pode observar a troca da guarda.

Pontos turísticos de Brasília Palácio da Alvorada Palácio Presidencial
Sede do presidente: O Palácio da Alvorada, na Praça dos Três Poderes.

Diretamente em frente ao Palácio da Alvorada está o Supremo Tribunal Federal, a suprema corte. A Praça dos Três Poderes também demonstra claramente o conceito arquitetônico: muito espaço, linhas retas e muita luz.
O que você definitivamente deve visitar: o Museu Histórico de Brasília e o Panteão da Pátria. A entrada em ambos os edifícios é gratuita e ambos oferecem uma visão muito interessante da história do Brasil.
Dica: No primeiro domingo de cada mês, a bandeira é cerimoniosamente trocada no enorme mastro com muita fanfarra, um evento que muitos brasileiros também usam como um passeio em família.

Publicidade / *links de afiliados

#3 Torre de TV / Torre de TV

Da torre de TV de Brasília você tem a melhor vista da Esplanada e de todo o Plano Piloto – e o melhor: a vista é gratuita. Ao redor da torre de TV fica a Feira da Torre, um mercado permanente com artesanato e comida de rua. Como a história de Brasília sempre fez dela um caldeirão de todas as regiões do Brasil, você pode encontrar aqui tradicionalmente as especialidades mais exóticas de todo o país, desde o tacacá do Pará até as empadas de Goiás. A Feira da Torre está aberta todos os dias, mas aos domingos há mais barracas, além das normais, e então você tem uma atmosfera de parque de diversões!

#Nº 4 Memorial JK

JK (pronuncia-se dschotta-kaa) é algo que você encontra repetidamente em Brasília: são as iniciais do presidente brasileiro que deu início ao tão sonhado projeto de Brasília. Excepcionalmente para um político no Brasil, ele ainda é reverenciado como nenhum outro, especialmente em Brasília. Originalmente um médico, Juscelino Kubitschek era conhecido por ser muito próximo do povo e por sua integridade – minha tia ainda fala com os olhos vidrados e cheios de admiração sobre o dia em que ela teve permissão para conhecer JK por um breve momento quando era jovem. JK promoveu uma recuperação econômica não apenas em Brasília, mas em todo o país, e perdeu todos os seus direitos políticos durante a ditadura militar subsequente (1964-1984) por ser crítico dos militares. Ele morreu em 1976 em um acidente de trânsito em circunstâncias que permanecem inexplicadas até hoje.

Após longas negociações e pressão política, os militares finalmente cederam e autorizaram a construção do Memorial JK como mausoléu e museu sobre a vida de JK em 1981. A exposição, que também contém muitas informações sobre a fascinante história das origens do Brasil, também é recomendada para não brasileiros.

#5 Museu Nacional e Biblioteca Nacional

O Museu Nacional Honestino Guimarães e a Biblioteca Nacional de Brasília formam juntos o Complexo Cultural da República João Herculino.

Pontos turísticos de Brasília Museu Nacional
Outro exemplo da arquitetura futurista de Brasília: o Museu Nacional de Brasília.

Ambos os edifícios foram construídos apenas em 2006 e, ainda assim, se integram perfeitamente à arquitetura incomum dos anos 1960 de Brasília. O Museu Nacional organiza ocasionalmente exposições de artistas contemporâneos e a entrada é gratuita.

Pontos turísticos de Brasília Biblioteca Nacional
Pontos turísticos de Brasília Biblioteca Nacional

#6 Parque da Cidade

Você pode relaxar no Parque da Cidade, ao lado, se já estiver cansado da arquitetura. Basicamente, não se trata mais de um parque, mas de uma enorme área de lazer que só pode ser atravessada de carro. Como tudo em Brasília, o Parque da Cidade é muito extenso, um pouco como nos EUA: você não pode fazer nada sem um carro. Mesmo nos fins de semana, você nunca fica lotado aqui, embora metade da população de Brasília venha para cá.

Vistas de Brasília Parque da Cidade
Cidade dos motoristas: O Parque da Cidade (parque da cidade) em Brasília é tão grande que pode ser percorrido de carro.

Informações úteis para sua estadia: dicas para viajar para Brasília

Chegada/saída de/para Brasília

Se você estiver fazendo um desvio para Brasília como parte de uma viagem mais longa ao Brasil, viajar de avião é uma boa opção. Todas as principais companhias aéreas brasileiras, como Latam, GOL, Avianca e Azul, voam para Brasília. Há poucos voos internacionais para uma capital; há alguns voos diretos para os EUA e países vizinhos, como Paraguai e Chile. No que diz respeito aos padrões de segurança, nunca tive nenhuma preocupação com nenhuma das companhias aéreas mencionadas. Certamente, algumas coisas funcionam de forma diferente das companhias aéreas europeias, mas eu não aconselharia nenhuma delas. O serviço de bordo e o espaço entre os assentos foram reduzidos nos últimos anos, mas muitos europeus ainda se surpreendem com os serviços de bordo oferecidos por companhias aéreas consideradas de baixo custo no Brasil, como a GOL. As passagens também podem ser compradas em curto prazo a preços favoráveis – desde que não seja a época de pico de viagens (Natal até o Carnaval ou semana de Páscoa).

Brasília vê a Rodoviária como ponto de ônibus
A partir da Rodoviária de Brasília, a estação central de ônibus, os ônibus viajam para todas as partes do Brasil, de Belém a S ã o Paulo.

Embora haja uma rede de ônibus bem desenvolvida no Brasil, com ônibus em todas as configurações imagináveis (há até mesmo ônibus puramente leito com camas de verdade), a viagem pode se arrastar como chiclete. As estradas nem sempre são boas e as distâncias são longas. Só de São Paulo, você leva 20 horas para chegar a Brasília e um dia e meio para chegar ao nordeste. O aspecto da segurança não deve ser ignorado: ocasionalmente, os ônibus são assaltados durante o trajeto.

Viajar de trem não é uma alternativa: a rede ferroviária no Brasil é praticamente inexistente e há apenas algumas conexões de trens de carga.

Como você se locomove em Brasília – transporte público ou carro?

  • Infelizmente, o transporte público na Brasilía não é recomendado. Brasília não é uma cidade que aceita pedestres e o transporte público é mal organizado. Para a alegria dos brasileiros, duas linhas de metrô foram adicionadas à rede de ônibus há alguns anos, conectando cidades satélites como Samambaia, Guará e Taguatinga ao Plano Piloto. Eles não são muito adequados para visitantes. A regra geral para o transporte público em Brasília é: se você puder pagar, vá de carro, pois isso economiza muito tempo.
Pontos turísticos de Brasília Eixo Plano Piloto
Ruas largas, muito concreto: Brasília foi projetada para motoristas. De alguma forma, os pedestres eram frequentemente esquecidos no planejamento.
  • Eu recomendaria que você alugasse um carro: No que diz respeito ao trânsito, o trânsito de Brasília é muito mais civilizado do que o de outras grandes cidades brasileiras, devido ao tamanho e ao espaço das estradas, de modo que até mesmo os europeus conseguem se virar lá.
  • Muitas vezes é preciso se acostumar com a falta de placas de rua (isso melhorou um pouco, mas não o suficiente, com a organização da Copa do Mundo de 2014) e com o fato de que apenas as ruas maiores têm nomes.
  • Nos distritos residenciais e comerciais, apenas os respectivos blocos de casas são numerados de acordo com um sistema específico que varia de bairro para bairro ou de cidade para cidade.
  • Em Brasília, pode ser muito difícil você se virar em inglês. É melhor você alugar seu carro aqui comantecedência na Alemanha*!
  • Observação: no Brasil, você costumava ter uma carteira de motorista internacional além da carteira de motorista alemã. Isso não é mais necessário, uma carteira de motorista alemã válida (+passaporte) agora é suficiente no Brasil: https://infraestrutura.gov.br/carteira-internacional.html
  • Se você não tem confiança para dirigir sozinho, agora pode usar o Uber além dos táxis comuns em Brasília.

Você passará a noite em Brasília

Como tudo em Brasília é categorizado de acordo com a finalidade, a maioria dos grandes hotéis está localizada no chamado Setor Hoteleiro, próximo à Esplanada. A maioria são castelos de leitos de grandes redes sem nenhuma atmosfera real.

Portanto, aqui estão três dicas de acomodações um pouco mais incomuns que combinam com o estilo de Brasília:

Brasília Palace Hotel* Projetado por Oscar Niemeyer, o arquiteto de Brasília. Você também encontrará os padrões de azulejos típicos de Athos Bulcão aqui – típicos de Brasília! Localizado diretamente no lago, próximo ao Palácio da Alvorada.

Hotel Nacional* O primeiro grande hotel de Brasília, inaugurado em 1961, onde todos os hóspedes de alto escalão do Estado se hospedavam. Esses dias já se foram, mas você ainda pode ter uma ideia do estilo de Brasília naquela época.

Hotel Diplomat* Também um dos hotéis mais antigos de Brasília, quase uma relíquia. Simples, mas muito central.

Você pode encontrar uma variedade de quartos em acomodações particulares no Airbnb, portanto, procure acomodações nos bairros Asa Norte ou Asa Sul em edifícios residenciais típicos mais antigos de Brasília. Lá você também pode experimentar o verdadeiro estilo de Brasília.

A cidade retorta de Brasília: história e construção da capital brasileira

Brasília é uma cidade planejada na prancheta. De ponta a ponta. Até hoje, pouca coisa mudou. Ao longo dos anos, novas cidades-satélites surgiram ao redor de Brasília propriamente dita, o Plano Piloto, mas todas elas seguem seu próprio esquema de planejamento urbano específico. Em 1960, após apenas cinco anos de construção, Brasília foi inaugurada como a capital – um feito e tanto se você considerar o que havia anteriormente nessa vasta terra: nada. Nada além do Cerrado, a savana brasileira.

A vida se concentrava em cidades como Rio e São Paulo, sem que nada acontecesse no centro do Brasil. Isso deve mudar com Brasília. Os arquitetos Lucio Costa e Oscar Niemeyer planejaram um lugar visionário bem no centro geográfico do país. E, até hoje, não conheço nenhuma cidade que se assemelhe, nem de longe, a Brasília. A arquitetura é única e é a razão pela qual Brasília sempre ocupará um lugar especial entre todas as cidades brasileiras e, provavelmente, também entre todas as cidades do mundo. Brasília é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1987.

Você está ainda mais interessado no Brasil? Você pode encontrar mais artigos sobre minha segunda casa aqui:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *